STJ permite a inclusão de beneficiário em plano de previdência após a morte do segurado

Superior Tribunal de Justiça – STJ reconhece direito do filho, mesmo não estando indicado como beneficiário em contrato de previdência complementar, ao recebimento da pensão paga pelo Fundo.

Ademar Cypriano, sócio fundador do Escritório, foi entrevistado para esclarecer tecnicamente os termos da decisão do STJ.

Assista entrevista na íntegra clicando aqui